TICO VAI VIAJAR

Recebi, da Benvinda Editora, o original de um livro infantil com pedido de parecer. A ausência de informações adicionais se justificava para que não houvesse influência da editora sobre minha leitura e consequente opinião.

Comecei a leitura, considerando os aspectos didático-pedagógicos da obra e, aos poucos, me deixei levar pelo drama da pequena Clara. Ela estava prestes a perder o seu primeiro dentinho de leite e não estava tranquila com isso.

Sim, é uma história significativa para crianças na faixa etária da personagem central. Todas passaram, passam ou passarão pela experiência que provoca tantos questionamentos em Clara.

Explicita e valoriza a capacidade da criança de argumentar e fazer suas escolhas, mesmo quando os mais velhos as julguem “infantis”.

Traz a riqueza dos detalhes. Convivo há anos com crianças e sei que estruturam o argumento como Clara. Começam com um ponto e, no meio da fala, passam a tecer detalhes que, na visão de adultos, fogem do eixo estruturador. Mas reside aí a poesia da fala das crianças,

É instrutivo. Traz ensinamentos sobre tema de conteúdo transversal relacionado ao cotidiano da criança. Traz explicações reais sobre os fatos, sem matar a magia do imaginário infantil.

Tem um texto sensível que, certamente, comove todos que o lerem. Quem de nós não sofreu, como Clara, a angústias da perda?

E, por último, ressalto a bela analogia entre dentes e família! Os membros da família original, assim como chegam, partem. Um a um, e noutro lugar formarão outra família.

Myriam Pinheiro


Featured Posts
Recent Posts